Resenha: O Príncipe dos Canalhas (Loretta Chase)

02:01

Título: O Príncipe dos Canalhas | Autora: Loretta Chase | Editora: Arqueiro | Edição: 1 | Páginas: 288 | Nota: 3,5 de 5

Sinopse: Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.

Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.

Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

*Livro cedido pela editora para resenha

Comentários


Quem acompanha as minhas resenhas aqui no blog sabe que os romances de época são os meus queridinhos e que esse gênero, apesar dos enredos previsíveis, é um dos meus prediletos. E por isso não penso duas vezes em me aventurar nesses romances embalados pelos grandes bailes e que burlam regras sociais.

Em O Príncipe dos Canalhas, Loretta Chase nos apresenta uma história de amor nos moldes do clássico A Bela e a Fera. Na trama temos Jessica, uma jovem recatada que apesar de ser bem bonita ainda não casou e já está sendo considerada uma solteirona; e o marquês de Dain (Sebastian) que é um libertino avesso a qualquer ideia de compromisso cuja fama (de ser o próprio diabo em pessoa) escandaliza a sociedade londrina e parisiense.

O encontro dos dois se dá a partir das tentativas de Jessica de salvar seu ingênuo irmão das influências de Dain, que estão fazendo com que sua família perca grandes somas de dinheiro. No entanto, desde o primeiro contato com o marquês libertino, Jéssica não conseguia disfarçar a curiosidade e a atração que sentia por aquela figura tão controversa. Dain, por sua vez, também se vê subitamente bastante interessado em Jess, mas não apenas por sua beleza como também pelo gênio forte e por não se sentir intimidada pelas convenções sociais. O romance se desenvolve a partir de uma série de intrigas e mal entendidos. E apesar da grande atração física que um sente pelo outro, ambos vivem negando seus sentimentos e viram até motivo de aposta na sociedade londrina.

Jess foi, com certeza, o que mais me agradou nessa narrativa. Ela é um mulher forte, independente e bem à frente do seu tempo. Sem contar que ela tem atitudes inimagináveis para uma dama e isso rende a melhor cena desse livro. A narrativa é muito fluída e os fãs do gênero certamente vão adorar todas as peripécias desse casal na tentativa de negar o que sentem.

A dinâmica do casal também me agradou muito, mas confesso que as cenas que descreviam a intimidade dos dois me cansou um pouco e por vezes lembrou mais um livro hot do que um romance de época. E isso foi o que dificultou o meu completo envolvimento com livro. Mesmo assim a narrativa vale muito a pena. Recomendo! 

Érika Rodrigues

Também poderá gostar

6 comentários

  1. Saudações Lady Erika,
    EU NECESSITO DESSE LIVRO! Será uma das primeiras compras de 2016
    Estou encantada pela proposta do livro e da coleção em si. Romance de época é realmente um dos meus fracos huahauahuahuha


    Feliz ano novo!


    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛
    The Queens Castle

    Adeus ano velho, feliz ano novo

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh eu estava querendo um romance de época pra ler e acho que escolherei esse haha achei bem legal, a proposta é bem encantadora!
    Beijos e um 2016 recheado de histórias e livros maravilhosos!
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
  3. Érika, gostei muito da sua resenha. Esse livro parece fofo, mas acho que os pontos que você comentou em relação às cenas hots também me incomodariam. Nem tudo é perfeito né...

    Beijos,
    http://www.universoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Érika!
    Li esse livro ano passado e me apaixonei completamente pela escrita da Loretta, estou com o segundo livro publicado pela Arqueiro em mãos e com certeza será uma das minhas próximas leituras =)

    Bjs,
    Fernanda
    http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Érika!!

    Ao contrário de você, me apaixonei completamente por esse romance e logo se tornou um dos meus favoritos! Hahahahaha

    A dinâmica do casal é muito boa mesmo e eu estou louca para ler o novo livro da autora que a Arqueiro está trazendo! Espero conseguir ler agora em janeiro ainda. :)

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Érika,

    Eu amei esse livro!! Achei os personagens ótimos e me envolvi com a narrativa. Li outro livro da autora tão bom quanto esse e tô querendo que a Arqueiro lance tudo dela por aqui. =)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir