Indicações para a sua estante #3

13:07

Álbum de Casamento - Quarteto de Noivas - Livro 01, por Nora Roberts 


Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. 

Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.


Todo Dia, por David Levithan 




Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.




Quem é Você, Alasca?, por John Green 


Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".





Ritos de Adeus, por Hannah Kent 

Frio, solidão e medo Em Ritos de adeus, seu romance de estreia, Hannah Kent torna palpável a impotência desesperadora de uma condenada à morte O ano é 1828. Na gelada e inóspita Islândia, a jovem Agnes Magnúsdóttir é acusada de matar e queimar dois homens. A brutalidade do crime define sua pena: morte por decapitação. Ela aguarda o dia de sua execução sob o teto de uma família local, obrigada a abrigar a criminosa pelo comissário da região. Agnes vive seus últimos dias à espera, tendo como companhia o frio, o silêncio e o medo – o próprio e o dos outros. A família, horrorizada com a ideia de conviver com uma assassina, trata Agnes com repúdio e indiferença. 

O que conserva sua humanidade é o trabalho que é obrigada a realizar na fazenda, que cumpre com extrema habilidade, e as visitas do jovem e inexperiente reverendo Tóti, seu conselheiro espiritual. É para Tóti – com quem tem uma misteriosa conexão – que Agnes, aos poucos, revela sua verdadeira história. Com o passar dos meses e por conta da convivência forçada em uma cabana isolada, minúscula e repleta de privações, a até então assassina se transforma gradativamente em parte da família, que percebe que há mais sobre aquela mulher do que os boatos e seu julgamento jamais imaginariam. Embora este seja um romance de ficção, é baseado em fatos reais: a autora Hannah Kent se inspirou na história da última mulher executada na Islândia. Nomes, cartas e outros documentos foram pesquisados e traduzidos durante o período em que Kent viveu na região. Por isso, a narrativa ganha contornos absurdamente realistas, mas não menos poéticos. Hannah Kent oferece um retrato muito menos ambíguo do que tinha a mulher conhecida simplesmente como “bruxa” ou “assassina”.



E vocês, o que acharam das indicações do mês de novembro? Já leram algum dos títulos listados?


Érika Rodrigues

Também poderá gostar

6 comentários

  1. Aaaah estou louca para ler esse da (diva) Nora!
    Quem é voce, Alasca? É um livro muito bom (como todods do John green, né? Haha)
    Adorei as indicações!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que ainda não li nada do John Green?! Mas pretendo começar pelo "Quem é você, Alasca? =*

      Excluir
  2. OI Erika só estou dando uma passadinha para agradecer a você a visita no meu blog.
    E para dizer que também estou seguindo o seu.
    http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/

    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Oi,te indiquei um selinho.
    Link:http://nomeiodoslivros.blogspot.com.br/
    Bjão

    ResponderExcluir
  4. Eu super quero ler o "Quem é você Alasca?"
    ótimas indicações bjs

    ResponderExcluir
  5. Amo os livros da Nora Roberts.Meu favorito é O Amuleto,que é um livro que eu recomendo sempre. Álbum de Casamento eu ainda não li,mas lerei em breve.Tenho vontade de ler algum livro do John Green,mas tenho medo de me arrepender,pois não gosto muito de drama.
    Bjs
    Thamires do Blog Nerd 2000
    http://nerd2000.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir